O homem sempre se alimentou, sempre procriou e, além de muitas outras coisas, sempre se exercitou. Nos primórdios, o esforço físico, tão benéfico ao corpo humano, era uma exigência natural, questão de sobrevivência, já que o homem se via em constante movimento em busca de sua defesa e de alimento. Os tempos mudaram, mas hoje a atividade física continua tão essencial para a formação das sociedades, quanto em tempos passados.

Assim, o esporte é capaz de transformar vidas, gerar identificação entre uma nação e seu povo, mobilizar bilhões de pessoas e muito dinheiro. Alguns o praticam por hobbie. Outros são atletas profissionais, que dedicam horas e horas aos treinos. Em comum, todos querem a vitória, seja tendo uma vida mais saudável, seja ganhando campeonatos, reconhecimento e troféus. Mas será que esforço e infraestrutura adequada são suficientes para que a vitória seja alcançada?

A simples existência da figura do treinador responde com uma negativa a esta pergunta. O esportista precisa ser orientado a todo tempo, tanto em seu treino quanto em suas competições. Assim, o treinador esportivo é uma figura central no desenvolvimento dos atletas, pois se utiliza do somatório de suas experiências e conhecimento empírico para orientá-los. Mas um segredo a mais para o sucesso está no acompanhamento de um coach. Muitos clubes e esportistas buscam, atualmente, o Coaching Desportivo como ação complementar em direção ao alcance de seus objetivos.

Nos esportes, o coach trabalha no sentido de melhorar o desempenho do atleta ou da equipe. O foco está na visão ganhadora, na convicção do atleta, na paixão, no compromisso esportivo, na alta motivação, na supervisão e outros. O processo é rápido e os benefícios são inúmeros: o atleta aprende a lidar com a constante pressão por resultados, trabalha seu equilibro emocional – lidando melhor com momentos difíceis, como quando estiver se recuperando de uma lesão, por exemplo -, potencializa a performance física e comportamental, mobiliza o autocontrole, melhora a comunicação, bem como a capacidade de tomar decisões.

Cursos de formação de coaches especializados em Coaching Desportivo vêm sendo cada vez mais procurados, sobretudo por profissionais já ligados aos esportes, tais como treinadores, educadores físicos, médicos, administradores, dirigentes, fisioterapeutas e psicólogos. O Coaching Desportivo atua no cuidado com a imagem do atleta, sendo um meio de gestão de carreira, gerando mecanismos para que o atleta ou a equipe possam alcançar a vitória.